loader

Inscrições para 7ª Corrida De Cara Limpa Contra as Drogas iniciam na próxima segunda


  As inscrições serão online, pelo site da Polícia Judiciária Civil (www.pjc.mt.gov.br).


FolhaMAX



Corredores e atletas de plantão devem ficar atentos às inscrições para 7ª Corrida de Rua "De Cara Limpa Contra as Drogas", que iniciam na segunda-feira (12) e seguem até o dia 16, ou até completar 1 mil inscritos. A corrida, organizada pela Polícia Judiciária Civil, acontecerá no domingo (09 de outubro) e é dividida nas categorias: policial civil e público em geral.

Assim como na última edição, o percurso será de 5 quilômetros com largada às 7 horas da manhã, em frente ao setor de vistoria do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). A taxa de inscrição é 4 quilos de alimentos não perecíveis, entregues no ato de recebimento do kit, que acontecerá de 30 de setembro a 1º de outubro, na loja Adidas, no Shopping Pantanal. O kit contém um chip de monitoramento.

As inscrições serão online, pelo site da Polícia Judiciária Civil (www.pjc.mt.gov.br). Ao acessar,  o candidato deve clicar no banner da corrida que será direcionado para a ficha de cadastramento. O link estará disponível a partir do meio dia da segunda-feira (12.09). Os corredores precisam ser rápidos, já que na 6ª edição da Corrida, realizada em 2015, as inscrições para o público geral encerraram em apenas 21 minutos.

A corrida "De Cara Limpa" é uma das ações do programa De Cara Limpa Contra as Drogas, da Polícia Judiciária Civil, que busca sensibilizar e conscientizar a sociedade de que a prevenção ao uso e a repressão ao tráfico de drogas não é apenas dever da polícia, mas responsabilidade de todo cidadão que deseja um mundo de paz.

Premiação

Os cinco primeiros lugares,  feminino e masculino, receberão premiação. Na categoria "Policial Civil", o 1º lugar receberá R$ 600 reais, o 2º- R$ 400 reais, o 3º - R$ 250 reais, o 4º - R$ 150 reais e o 5º receberá  R$ 100 reais. O total da premiação é R$ 3 mil, dividido entre os sexos, masculino e o feminino.

Para categoria geral, a premiação do 1º colocado é de R$ 400 reais, o 2º colocado R$ 200 reais, o 3º receberá R$ 150 reais, o 4º receberá R$ 100 reais, e o 5º lugar ganhará R$ 50 reais. Ao todo serão R$ 1.800 em premiação, dividido entre o feminino e o masculino.

Percurso

A competição terá percurso de 5 km com largada às 7 horas para as mulheres e as 7h10 para os homens. A saída será em frente ao barracão de vistoria de veículos do Detran, seguindo pelas ruas internas do Detran em direção ao trevo da Avenida Paiaguás, fazendo contorno no trevo da Av. Paiaguas com Avenida André Maggi, em direção à Assembleia Legislativa, seguindo até o Tribunal Regional do Trabalho na Avenida Desembargador Milton Figueiredo, contornando antes de chegar na Avenida do CPA e retornando pela Avenida Desembargador Milton Figueiredo em direção a Avenida Herminia Torquato da Silva e retornando na Avenida Hélio Ribeiro sentido Detran.

Parceiros

A 6ª corrida de rua "De Cara Limpa Contra as Drogas", realizada pela Polícia Civil conta com a parceria do Governo do Estado, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Sindicado dos Escrivães (Sindepojuc), Sindicato dos Investigadores de Polícia (Siagespoc), Associação Mato-grossense dos Delegados de Polícia (Amdepol), Prefeitura de Cuiabá, Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Câmara dos Dirigentes Logistas (CDL), Sicredi, Realmat, Poesy Aviamentos, MT-Cap, Prefeitura de Cuiabá, deputado Wancley, Printpress, Morro cronometragem, entre outros apoiadores e patrocinadores.

Veja também

Normativa 22/03/2016

Assembleia Legislativa do Tocantins vota por suspensão de vistoria para veículos novos

Segundo o autor do projeto, o deputado Olyntho Neto (PSDB), a competência constitucional para legislar sobre o assunto é dos órgãos da União e não do Estado.

Educação 16/11/2015

Número de mortes de crianças no trânsito reduz 67% em dez anos, diz Ministério

De acordo com os dados, entre os anos de 2003 e 2013, os casos caíram de 24 para 8 vítimas.

Normativa 14/07/2016

Marx Beltrão cobra documentos e informações na CPI do DPVAT

Dentre os requerimentos, o parlamentar solicita à Seguradora Líder informações acerca dos critérios de escolha de empresas de auditoria,